Decoração clássica: um toque de luxo no seu lar

Decoração clássica: um toque de luxo no seu lar

14 14America/Sao_Paulo outubro 14America/Sao_Paulo 2019 0 Por Candice Lima

Surgido na Antiguidade, o estilo clássico é até hoje sinônimo de sofisticação e bom gosto e a decoração clássica nunca sai de moda. Em ambientes pequenos, é possível dar alguns toques com poucos objetos do estilo e em ambientes amplos a imaginação pode fluir e deixar nosso lar digno de realeza. Ainda é possível combiná-lo com uma decoração moderna ou contemporânea.

Uma das principais características do estilo clássico é o rebuscamento em linhas e formas de objetos e móveis. Há também uma predileção por materiais nobres, como mármore e madeira, o que torna este tipo de decoração bastante exclusiva. Fiz uma seleção especial de móveis do Atelier Clássico para ajudar na composição de uma decoração mais elegante.

Estilo Luis XV

Desenvolvido entre 1730 e 1760, durante o reinado de Luis XV na França, este estilo é  muito apreciado na decoração de interiores e design de móveis. Hoje é possível encontrarmos releituras deste estilo mesclado com elementos mais modernos.

Algumas características do estilo Luis XV são as curvas sinuosas e os materiais sofisticados: madeira, tampos dos móveis de porcelana ou mármore e detalhes em ouro ou bronze.

 

Um belíssimo exemplo de móvel que representa este estilo é esta cristaleira em madeira entalhada a mão. Também é possível acrescentar iluminação a Led ao modelo e deixá-lo mais atual sem perder a sofisticação.

Outro lindo modelo que remonta à época é esta cadeira entalhada artesanalmente em madeira, com braço para maior conforto. Além de linda, percebe-se que é  confortável. Também é personalizável, podendo-se escolher pintura e tecido que mais combinem com o ambiente. As famosas cadeiras de estilo Luis XV são conhecidas por oferecer luxo e comodidade. Uma combinação perfeita.

Estilo Provençal

Surgido por volta do século XVI, na cidade de Provença, sul da França, este estilo mistura elementos românticos, rústicos e sofisticados. Ele é bem singular e chama bastante atenção, por isso devemos tomar algum cuidado para não cometermos nenhum exagero. Quando bem combinado traz sensação de delicadeza e deixa o ambiente mais aconchegante.

Esta mesa de canto entalhada em madeira é uma bela representante do móvel Provençal. Disponível com medidas e pinturas personalizáveis, deixará sua sala de estar ou quarto mais elegante e deve ser combinada com outros móveis clássicos para deixar sua casa ainda mais interessante.

Uma ótima combinação para sua sala de estar seria com esta linda poltrona entalhada em madeira. A pintura e o tecido são personalizáveis. O modelo que mais gostei foi o da foto: imbuia com dourado. É para quem realmente gosta de luxo.

Se você é fã de uma poltrona clássica como eu, não deixe de olhar os outros modelos.

Estilo Retrô

Na decoração retrô utiliza-se uma releitura de itens das décadas anteriores, especialmente dos anos 70 e 80. Ela oferece um tom lúdico ao ambiente com móveis mais alongados e baixos e cores mais fortes e sólidas. As pernas mais retas e pontiagudas também são um diferencial dos outros estilos já citados, que costumam ser mais sóbrios.

Esta poltrona retrô em madeira possui modelos de tecidos que brincam com as cores fortes e sólidas. Existem também as opções de cores mais suaves para quem prefere algo um pouco mais discreto, sem perder o ar de nostalgia. Uma boa dica é não investir em muitos itens retrô em um mesmo ambiente para que a composição fique harmônica e não exagerada.

 

Outro belo exemplar do estilo retrô é esta mesa com tampo em vidro e base em madeira  Os pés em forma de palito são uma marca do estilo retrô e este é um lindo modelo para compor a sala de jantar.

A mesa pode der combinada com um conjunto deste lindo modelo de cadeira retrô em madeira com pintura e tecido personalizável.

Algumas dicas para não errar na decoração com móveis clássicos

Uma das principais marcas do estilo clássico é a sofisticação que demonstra o bom gosto de quem decorou a casa; por isso, é imprescindível tomarmos alguns cuidados na hora de decorar para que haja harmonia e a casa não se torne um simples depósito de peças de luxo.

Decida um estilo de decoração:

  • Barroca: nascida na Itália, com móveis cheios de curvas e super detalhados. Há um desequilíbrio e irregularidade, um exagero controlado. Há um pouco de exagero nos detalhes, mas também um jogo entre luz e sombra, entre cores fortes e vibrantes combinadas com texturas e formas diferentes. Os móveis são geralmente de madeira e com muitos detalhes, especialmente em dourado. Também pode-se acrescentar esculturas em aço, mármore ou gesso, combinando com os móveis entalhados e super detalhados
  • Luis XV (ou rococó): mais leve e intimista que o barroco. Este estilo surgiu em uma sociedade que buscava nas obras de arte o prazer que a fizesse esquecer dos problemas reais. Caracterizado por linhas bem curvas e delicadas, possui um caráter intimista, de leveza, alegria, exuberância e elegância. A decoração dos ambientes é feita com diferentes tipos de móveis: poltronas, cômodas, escrivaninhas, relógios enormes. Presença de bibelôs de prata e porcelana complementando a decoração do ambiente.
  • Provençal: como já citado, é uma mistura de elementos rústicos, românticos e sofisticados. Surgiu em meados do século XVI em um contexto em que os camponeses se inspiravam nas decorações dos palácios franceses. Conta com objetos em tons claros e delicados e estampas de flores; mas também com madeiras e móveis envelhecidos, trazendo o lado rústico da decoração. Os lustres e espelhos costumam ser mais sofisticados.
  • Imperial: desenvolveu-de na França, no início do século XIX e inspirado no estilo neoclássico. É uma mistura do estilo clássico Luis XV com inspirações egípcias, gregas e romanas; além de motivos de inspiração militar, motivos relacionados com a Imperatriz Josefina e com Napoleão. São muitas correntes culturais que formam um estilo luxuoso e sóbrio. Os móveis são imponentes, com detalhes em ouro, mármore e outros materiais nobres. As peças não são minimalistas e têm um caráter de grandiosidade. As formas são mais retas e as cores sóbrias.
  • Vitoriana: surgiu no século XIX na Inglaterra. Ambiente com muitos móveis e enfeites, cores fortes e móveis muito detalhados. Mesas e sofás com patas curvas. Almofadas com muitos detalhes femininos como rendas, bordados e veludos, complementam o ambiente cheio de móveis de madeira.
  • Retrô: são novas versões inspiradas em móveis de poucas décadas atrás. Artigos com visual envelhecido, tons fortes, móveis com pés palito, estampas multicoloridas com formas geométricas irregulares e de poá e flores também são características deste estilo.
  • Vintage: são objetos realmente antigos na decoração. Peças originais da época. Geralmente são do período de 1920 a 1960 e deixam o ambiente com um ar mais aconchegante.

Proporções e qualidade do material utilizado:

Não adianta querer encher um ambiente com milhares de móveis clássicos se não houver espaço. Isto somente o tornará cansativo e desconfortável. Se o seu apartamento é pequeno, invista em algumas poucas peças para dar um toque sofisticado. Se vive em um ambiente mais espaçoso, poderá abusar mais e colocar lustres. O material utilizado deve ser nobre e apresentar qualidade real, pois não existe sofisticação com móveis de qualidade ruim.

 

Anúncios