Colágeno Verisol, funciona ou não?

Colágeno Verisol, funciona ou não?

10 10America/Sao_Paulo agosto 10America/Sao_Paulo 2020 0 Por Candice Lima

Olá, bonequinhas!

Hoje o post é sobre um assunto que ainda causa polêmica por aí: a eficácia da ingestão oral do colágeno Verisol® (patenteado pela empresa alemã Gelita® ) ou Peptídeos Bioativos de colágeno. Pra começar temos que entender que existem diferentes tipos de colágeno:

  • Tipo I: presente nos tendões, tecidos conjuntivos frouxo e denso e na cartilagem fibrosa. Está relacionado coma saúde das juntas e proporciona elasticidade para a pele.
  • Tipo II: Possui menos diâmetro que o tipo I e está presente nos olhos, cartilagem e discos invertebrais. Ajuda no tratamento das cartilagens e articulações, como no tratamento da artrite, por exemplo.
  • Tipo III: Está presente na pele, útero, vasos arteriais e intestinos e necessário para o bom funcionamento do organismo.

colageno verisol

Durante muito tempo ouvimos falar no colágeno hidrolisado, cuja proteína passou pro um processo de alta temperatura e foi quebrada em pedaços menores, chamados de peptídeos para terem sua absorção facilitada pelo organismo. Entretanto, quando consumido de forma oral, este tipo de colágeno não necessariamente irá atuar na saúde e elasticidade da pele, podendo ser levado para qualquer parte do corpo que esteja necessitando de um aporte proteico. Já o Verisol (ou peptídeos bioativos)  sofre mais quebras em sua estrutura tornando-se ainda menor e sendo capaz de atuar especificamente na pele. Ele é produzido a partir do colágeno tipo I e sua matéria-prima vem do porco, boi e peixe.

Muita gente ainda hoje afirma que o colágeno não é capaz de melhorar a elasticidade por basear-se em estudos antigos relacionados ao colágeno hidrolisado. Acabou tornando-se senso comum repetir que “não existem estudos científicos que comprovem tal fato”, até mesmo esta jornalista aqui já afirmou isso no post sobre o suplemento Nutren beauty (que já foi corrigido). Já existem estudos sobre os biopeptídeos de colágeno que comprovam a sua eficácia para uma significativa melhora da elasticidade da pele. O Verisol ainda é capaz de melhorar a hidratação da pele (embora não de maneira significativa), além de reduzir a celulite, ajudar no crescimento saudável das unhas. Todas ações cientificamente comprovadas até agora.

A degradação do colágeno natural causa rugas e flacidez

A degradação do colágeno natural causa rugas e flacidez

A dose recomendada é de 2,5g por dia e o melhor horário, de acordo com o dermatologista Jardis Volpe, é à noite e com o estômago vazio para uma melhor absorção. O colágeno possui alguns aminoácidos essenciais (mas não todos); então, se  o você está procurando crescimento e fortalecimento muscular, o mais indicado é o Whey Protein, muito utilizado por praticantes de atividades físicas e hoje receitado por vários geriatras para ajudar na manutenção dos músculos dos idosos. O uso de um suplemento não impede o uso do outro, mas o ideal é que o Whey Protein seja usado em momento específico de acordo como seu treino.

O uso de colágeno e/ou Whey Protein não anula a necessidade de uma boa dieta balanceada, que deve ser de acordo com a necessidade individual e objetivo de cada um.

Uma alimentação saudável com suplementação adequada e o uso regular de protetor solar, que ajudará a proteger  a pele dos efeitos nocivos do sol,  garantirão bons resultados para quem busca retardar o envelhecimento. O uso de hidratante, para manter os níveis normais de hidratação, juntamente com antioxidantes (como a vitamina C e o Resveratrol) também ajudarão a manter a pele com  aspecto jovem, saudável e mais protegida.